sábado, 19 de abril de 2014

Confirmado: os antieclipses existem!


Em 1973, o astrônomo suíço André Maeder levantou a possibilidade de uma estrela com campo gravitacional intenso, ao passar diante de sua companheira num sistema binário, intensificar o brilho total do sistema por consequência de um efeito de lente gravitacional.
Pois bem! Os astrônomos Ethan Kruse e Eric Agol, da Universidade de Washington, confirmaram o fenômeno ao analisar o sistema KOI-3278, formado por uma anã branca com cerca de 63% da massa do Sol, e uma anã amarela semelhante ao Sol.
Fonte: Ethan Kruse, Eric Agol, KOI-3278: a self-lensing binary star system. Science Magazine. 344, 275-277 (2014).