segunda-feira, 14 de abril de 2014

Desabafo científico e eclipses lunares

wd-lua-sangrenta

Na madrugada do dia 15 de abril de 2014, acontecerá (ou já aconteceu, depende de quando você ler este artigo) um eclipse lunar total, primeiro de uma série de quatro consecutivos, fenômeno esse conhecido como Tétrade.

[notice]Para saber mais sobre eclipses, ouça o episódio 1 de Astronomia, Introdução à Astronomia, de nosso podcast, publicado em 12/4/2014.[/notice]

Como não podia deixar de ser, a imprensa iniciou uma série de divulgações imprecisas, muitas vezes errôneas, sobre o tema, como já era de se esperar, não?

Veja o que publicou no Twitter uma certa revista de projeção nacional:

Como assim? Um site de astrologia para “explicar o fenômeno”?!

Movido pela curiosidade, cliquei no link apresentado e li a seguinte afirmação:

Sem comentários... (Fonte:
Sem comentários... (Fonte:

Ora, como posso me calar e aceitar que divulguem tamanho despautério? Muito bem, vejamos: se considerarmos a Idade Média como se iniciando no século V e terminando no século XV, só durante esse período aconteceram trinta, eu disse TRINTA, tétrades!

De 1500 para cá, foram outras doze! Treze com a que se inicia agora, e outras seis até 2100!

Minha fonte? A NASA: Index to five millennium catalog of lunar eclipses.

É por essas e outras que sempre digo que jornalistas deveriam saber o básico sobre Física e outras ciências. E, se não souberem, que consultem pessoas ligadas à ciência para sanar suas dúvidas. É no mínimo irresponsável propagar informações incorretas, com o único objetivo de “vender” notícias.

Ah! A propósito: segundo o VOLP - Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa, publicado pela Academia Brasileira de Letras, a grafia correta é blá-blá-blá.

Tenho dito!